História

NO MUNDO

O Power Soccer ou Powerchair Football foi criado paralelamente no Canadá e França, nos final dos anos 70. Na França, um grupo de profissionais criaram o “Power Chair Football”, em 1978, para reabilitação de jovens com deficiências graves. Um ano depois, o Canadá, sem qualquer contato com os franceses, desenvolveu uma forma de futebol em cadeira de rodas motorizada, que eles chamaram a princípio de Motor Ball. Mais tarde, Motor Football e posteriormente Power Soccer como é conhecido atualmente nas Américas. No início dos anos 80, o “Power Soccer” foi exportado para os EUA, Japão e Inglaterra, enquanto o “Powerchair Football” estava sendo praticado na Bélgica, em Portugal e na Suíça. Power Soccer diferia de Powerchair Football, pois não tinha limite de velocidade, usava uma bola muito grande e não permitia a substituição dos jogadores durante a partida. Durante 25 anos, vários estilos foram desenvolvidos. Inspirados nos modelos canadense e francês, cada país criava adaptações conforme necessidades próprias.

Até que em janeiro de 2005, por iniciativa da França, representantes dos EUA, Canadá, Japão, Inglaterra e Portugal se reuniram em Paris, na França, para discutir a possibilidade de tornar o esporte internacional. A data foi criada para harmonizar os quatro principais estilos do jogo (francês, canadense / americano, japonês, inglês), a fim de criar uma nova disciplina internacional. Nove meses depois, Dinamarca e Bélgica juntaram-se aos seis países. Uma reunião em Portugal finalizou o Livro de regras internacionais criando, oficialmente, o Powerchair Football. Nos meses seguintes, foi escrita a nova regulamentação paradesportiva e os artigos para criar a Federação Internacional foram finalizados.

No dia 16 de outubro de 2006, em Atlanta, EUA, as novas regras foram testadas e validadas. Com a presença de todos os países praticantes, além de representantes da Turquia e Coréia do Sul, os artigos da nova Federação foram adaptados em Assembleia Geral e foi criada oficialmente a International Federation of Powerchair Football (FIP-FA), Federação Internacional de Futebol em Cadeira de Rodas em português, com sede em Paris, França. Nesse mesmo período, foi criada a maioria das associações nacionais de futebol em cadeira de rodas.

NO BRASIL

Apesar de o Brasil ser conhecido como o país do futebol, não existia no país nenhuma iniciativa para prática do esporte. Em meados de 2010, um grupo de amigos, no Rio de Janeiro, se reuniu no intuito de obter as informações necessárias para desenvolver o Power Soccer no País.

Após diversas reuniões e busca de informações, no dia 16 de janeiro de 2011, nasceu a Associação Brasileira de Futebol em Cadeira de rodas – ABFC, que cinco meses depois foi reconhecida pela FIPFA, tornando-se o 1º Membro Sulamericano a desenvolver a modalidade.

A SELEÇÃO BRASILEIRA

A primeira convocação da seleção brasileira de Power Soccer aconteceu em março de 2014. Durante três dias 12 atletas pré-convocados e comissão técnica ficaram concentrados na ANDEF, em Niterói, município do RJ. Foram três dias de palestras e treinos que ajudaram a definir os oito atletas que representaram a seleção brasileira, no I Mundialito de Power Soccer.